22 de nov de 2008

Lembranças

Quem em um momento de nostalgia não se pegou re-lembrando aqueles bons momentos de um passado geralmente um pouco distante, pelo menos distante o suficiente pra você saber que foram momentos que fazem parte da tua história e que jamais esquecerá deles.

Uma risada com amigos por algum assunto incomum, ou até mesmo o primeiro beijo naquela sua ex-namorada, as brincadeiras de infância, aquela viagem perfeita[ que foi um desastre, mas tornou-se perfeita porque de fato foi engraçada e definitivamente tornaram-se boas lembranças], tudo que passamos na vida tem um significado maior,talvez até do que da própria existência. Então porque não lembrar desses momentos e sorrir?

Eis aqui um depoimento exemplificando uma boa lembrança:

“...Era tarde da noite e aquela chuva cada vez aumentava, parecia o céu desabando, pesado, quando eu tentava me proteger com o simples capuz de um casaco, após a tentativa frustrada de tentar abrir o guarda-chuva que me deram p utilizar em casos como esse, e a recém descoberta de que estava enferrujado e furado, o que obviamente causou uma gargalhada de todos que passavam e me viam lutando com aquele “projeto de guarda-chuva”, resumindo: ele foi jogado longe. O que foi?eu também tenho meus momentos de revolta oras. Enfim, após me ver naquela chuva irritada pela cena ridícula que passei e agora completamente encharcada pela água da chuva, aceitei os fatos, abri os braços olhei pro céu e gritei gargalhando o mais alto que pude, com toda certeza me passei por louca para alguns que ainda sofriam com a chuva, mas após minha aceitação de que estava ali para me molhar mesmo, resolvi correr a rua toda, pular,cantando e dançar enquanto não alcançava o caminho de casa, atrasei ainda mais aquele momento de pura alegria, retrocedi a minha infância e dei um próximo passo para a loucura mais do que bem aceita por mim mesma!”

Um momento como esse é uma lembrança de um grande momento de libertação, um simples momento,porém uma grandiosa lembrança de um dia feliz. E a partir desse dia me apaixonei pela chuva, e toda vez que sinto uma gotícula mínima cair sobre mim, tenho a certeza do sorriso que virá a me acompanhar.

Espero que todos tenham boas lembranças que tragam sensações de bem-estar como essa, pois assim pode-se dizer que é um passo conhecido em terras inabitadas.

Um comentário:

Clei disse...

A vida é lembrança.